pessoas trabalhando juntas para unir peças do quebra-cabeça que representa como liderar uma equipe em eventos
Gestão de eventos, Organização de eventos | 3 minutos de leitura

Como liderar uma equipe em eventos para que tudo seja um sucesso?

Tem dificuldades para liderar uma equipe em eventos? Confira as dicas práticas que a nossa colunista Licca Fernandes faz nos seus eventos!


Fazer a gestão e liderar uma equipe em eventos é um verdadeiro desafio. Geralmente, a equipe é formada com profissionais que trabalham como freelancer, e o treinamento e informações pertinentes ao evento são passados nas vésperas do acontecimento.

Então, como conseguir gerenciar os profissionais em uma janela de tempo e interação tão limitada?

Posso ajudar a entender como fazer a partir da minha experiência. Faço um evento anual, há 16 anos, onde realizo a contratação de mais de 70 pessoas, que trabalham no evento de 3 a 6 dias.

Meu envolvimento com o cliente e as equipes inicia 12 meses antes da realização. Essas equipes geralmente são de:

  • Planejamento;
  • Reuniões;
  • Atividades paralelas;
  • Atividades patrocinadas.

Preciso passar MUITAS informações para a equipe, que irá trabalhar por um período muito curto. Então como envolvê-los e garantir o comprometimento no trabalho? É isso que você vai saber a partir de agora, com base no meu método utilizado para liderar uma equipe em eventos.

Método prático para liderar uma equipe em eventos

Desde que comecei a coordenar essa equipe, adotei um método, que é bastante eficaz.

Dividido esses profissionais em várias áreas diferentes do evento:

  • Secretaria: atendimento aos inscritos e a novos inscritos;
  • CAEX: atendimento ao expositor e fornecedores oficiais da montagem da exposição;
  • Salas: são mais de 15 salas simultâneas de cursos, com mesa-redonda e conferências;
  • Sala VIP: atendimento aos convidados internacionais, diretoria, palestrantes e autoridades;
  • Mídia Desk: atendimento aos palestrantes para entrega de apresentações;
  • Guarda Volumes: espaço para armazenar bagagens dos participantes;
  • Painéis: exposição de mais de 1000 posters de trabalho;
  • Informações Gerais: aos participantes que estão chegando ao evento, para retirar credenciais, fazer inscrição, descarregar palestras, localização de stands, entre outros;
  • Abertura Oficial: montagem, script, decoração, entrega de prêmios, reserva de cadeiras, etc.

A melhor forma que encontrei para ter uma equipe coesa e alinhada foi dar um treinamento na véspera do evento, no período de montagem.

No treinamento, passo todas as informações, pertinentes ao evento e faço um tour com a equipe toda, pelo local, centro de convenções e pavilhão. Apresento a equipe ao nosso staff, indicando quem é a pessoa responsável por cada área.

Depois divido a equipe por área escalada e passo informações detalhadas, material impresso para consulta e alinhamento. Fazemos também simulações nos programas, ensaios e circuitos nas atividades envolvidas.

Além disso, há áreas mais complexas, onde existe uma coordenadora com mais informações para auxiliá-los quando necessário.

Liderar a equipe de eventos é um processo contínuo

Durante todo o dia, e em todos os dias, passo de área em área, dando suporte e esclarecendo dúvidas. É importante dar um feedback para cada área, sempre apontando os pontos positivos.

Com esse método, conseguimos ter um resultado melhor da equipe. Concluindo essa parte, quanto mais o freelancer tem as informações claras das atividades a qual foi escalado, e percebe que não está solto no contexto, mais ele se envolve no trabalho.

Todo esse cuidado e planejamento anterior, deixa claro para cada stakeholder que a organização, métodos, coordenação e participação dele é importante para o desenvolvimento do trabalho.

Uma curiosidade desse processo foi perceber que em situações eventuais nós conseguimos ter agilidade para resolver tudo com a participação ou sugestão da equipe.

É preciso manter o controle no pós-evento

Quando finalizamos o evento, faço a distribuição de uma pequena pesquisa e peço que todos apontem os pontos que podemos melhorar para as próximas edições, além de relatos pertinentes ao trabalho.

Essa é uma forma simples, mas bastante eficaz, de coordenar o trabalho de cada área e fazer a Gestão da Equipe de forma que o evento transcorra com sucesso.

Um evento de Sucesso, precisa ter o engajamento de todas as pontas. Ele não depende apenas da programação, do planejamento, das pesquisas, da promotora e da organização, mas também do trabalho dos bastidores, da equipe de montagem, dos fornecedores alinhados e do atendimento eficaz durante o evento.

Espero ter ajudado a entender qual a sequência de trabalho ideal para liderar uma equipe em eventos!


*Conteúdo escrito pela colunista Licca Fernandes, professora no curso de pós-graduação da Universidade Anhembi / Morumbi – SP. Atua na área há 25 anos e já passou por agências de eventos e empresas multinacionais. Sua agência QG Produções já completou 10 anos.

banner convidando para baixar o manual do primeiro evento

Compartilhe esse conteúdo!

Uma caixa de correio representando a caixa de entrada de email

Ei, quer nossos conteúdos direto na sua caixa de entrada?

Mais de 25.000 empresas já recebem os nossos conteúdos gratuitos sobre produção e organização de eventos. Cadastre-se agora, receba também!