eventos corporativos
Organização de eventos, Tecnologia em eventos, Tendências em eventos | 10 minutos de leitura

Eventos empresariais: 10 tendências que você não pode deixar de conferir!

Confira as tendências que os eventos empresariais estão seguindo!


Os eventos empresariais estão cada vez mais voltados para as experiências oferecidas aos participantes. Em meio a esse contexto, as novidades do setor passaram a se basear em sustentabilidade e tecnologia. Isso já mostra qual é a atual tendência em eventos.

A preocupação maior no mercado com o meio ambiente e a tendência em eventos de que as corporações adotem medidas concretas e treinem seus colaboradores nesta nova visão, fizeram com que os eventos empresariais seguissem nessa mesma direção.

As tendências em eventos empresariais trazem como um de seus principais benefícios para o setor o enfoque na sustentabilidade. E a maioria delas estão aliadas à tecnologia, que promete transformar congressos, palestras, entre outros eventos, em ocasiões muito mais interessantes.

Está curioso para saber quais são essas novidades? É por isso que preparamos aqui a lista com as 10 tendências para eventos empresariais. Então continue acompanhando o nosso post para conferir os detalhes!

10 tendências em eventos empresariais que você precisa conhecer

1. Eventos menores, com público seleto

Essa é uma tendência que, além de reduzir custos e ser mais sustentável, faz com que os participantes se sintam privilegiados e especiais. Isso ocorre porque reunir grupos menores proporciona soluções mais específicas.

Em eventos empresariais menores, são comuns as experiências multissensoriais, nas quais são proporcionados para o participante estímulos para os seus 5 sentidos.

Veja o TEDx realizado por André Domingues falando mais sobre o poder dessas experiências:

Isso é feito pela combinação de atividades, conteúdos, a escolha do local e a atmosfera criada no ambiente. Quando é feito com sucesso, o momento fica marcado na lembrança do participante, o que gera maior engajamento durante o grande dia.

Essa é uma ótima oportunidade para aproveitar e estudar melhor os hábitos dos seus convidados, além de organizar melhor os próximos projetos.

Além disso, eventos menores também costumam ter uma duração mais curta, ao contrário de feiras, que normalmente ocorrem durante vários dias.

2. Uso de tablets

Já pensou que interessante é substituir o bloco de anotações ou o cardápio em eventos por tablets? Além de tornar a experiência dos usuários algo muito mais interessante e inovador, eles ajudam a poupar o uso de muitas folhas de papel e, portanto, a derrubada de árvores.

Dependendo do tamanho do evento, é possível fazer essas substituições e tornar a experiência das pessoas muito mais interessante e inovadora.

A tecnologia vem se tornando cada vez mais uma realidade, e com ela as experiências se tornam cada vez mais agradáveis, únicas e memoráveis.

Ao usar esse tipo de recurso, que já é tão presente no cotidiano do público, a marca mostra que está atenta à realidade. Assim, a tecnologia vai ajudar a transmitir muito melhor as mensagens e cumprir os objetivos da empresa, tornando-se mais fácil e agradável de entender, pois o meio de transmissão é um suporte já conhecido.

Os tablets podem ser entregues aos participantes como um brinde ou, então, ser disponibilizados apenas durante o evento, por meio de aluguel. Há empresas que trabalham exclusivamente com esse tipo de serviço.

3. Aplicativo e site próprio do evento

O Brasil já tem mais de um smartphone por habitante. É o que aponta uma pesquisa realizada pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Em meio a esse contexto, não é difícil explicar por que os aplicativos são uma tendência em eventos empresariais e para todos os tipos de projetos do setor.

Quero melhorar meu evento com um app

Estímulo à interação

A grande novidade nesse segmento é o novo recurso Matchmaking. Com ele, é possível cruzar as informações de perfil de outros usuários com os seus interesses.

Com isso, ele sugere possíveis conexões, por meio de matches (combinações), e incentiva indivíduos com perfis parecidos a se conhecerem, aumentando o networking dentro do evento.

Outra novidade interessante é o recurso de gamificação — conceito que, ao ser aplicado em aplicativos, faz com que eles passem a contar com pequenas tarefas ou atividades que são recompensadas com pontos.

Aplicativos que trabalham com esse conceito trazem a experiência de jogos como uma de suas funções, buscando recompensar o participante e estimular ainda mais o engajamento.

Você pode até mesmo utilizar as interações no Matchmaking para incentivar ainda mais a gamificação no evento. Demos um exemplo nesse artigo, onde os usuários interagiam com alguns recursos do aplicativo (curtidas, reuniões marcadas, mensagens enviadas, entre outras coisas) e os melhores colocados ganharam prêmios. Confira!

Quero conhecer essas soluções para melhorar meu evento

Sustentabilidade e otimização de divulgação

E quando se fala em sustentabilidade, o app se torna um aliado ainda mais importante, porque ajuda a reduzir o uso de recursos como:

Ter um site para evento próprio também é de extrema importância nesse sentido. Assim como os aplicativos, ele também ajuda a reduzir o consumo de papel e outros recursos.

Mais ainda, uma página na web dedicada ao projeto ajuda a potencializar suas inscrições. Afinal, você consegue divulgar seu evento de forma mais previsível e estratégica e, assim, aumentar a taxa de conversão devido à otimização para venda de ingressos e do fornecimento de dados sobre seus visitantes em tempo real.

Numa era cada vez mais digital, na qual cada vez mais pessoas têm acesso à internet, é muito importante investir em recursos tecnológicos como sites e aplicativos para instigar o usuário a participar do seu evento.

Se quiser saber mais e está procurando meios para melhorar sua estratégia de divulgação na web, otimizando o desempenho de SEO e a taxa de conversão de visitantes para inscritos, conheça o Promote.

4. Digital Swag Bags como brindes

Os pacotes digitais de brindes — na tradução livre — são a nova sensação nos eventos corporativos. Os Digital Swag Bags nada mais são do que conteúdos online e vale-presentes digitais que agregam valor ao evento e possibilitam a personalização de acordo com o perfil do público.

Não que seja errado continuar investindo em brindes físicos, mas a tendência é que eles comecem a ser deixados um pouco de lado e sejam substituídos por presentes digitais, devido a todas as vantagens que estes apresentam, como a facilidade em relação à logística.

Com os pacotes digitais de brindes, você não precisa se preocupar com transporte, manuseio e sacolas ou embalagens.

Não são raros os casos em que o participante acaba esquecendo ou até mesmo jogando os brindes fora — gerando desperdício e, consequentemente, prejuízo. Sem os brindes físicos, esse prejuízo é minimizado e, ainda assim, um brinde é entregue.

Além disso, ele ainda oferece a oportunidade de acompanhar as informações do usuário que resgatar esse brinde digital, gerando, dessa maneira, um lead para sua empresa.

Caso queira investir nos brindes físicos, opte por aqueles fabricados com materiais recicláveis e que passem uma mensagem de sustentabilidade aos participantes.

5. Transmissão em tempo real

A transmissão em tempo real de palestras, seminários, aulas e congressos vem se tornando uma tendência. E o mesmo acontece com os eventos empresariais.

Incentivada pelas inovações trazidas pela tecnologia, a transmissão pode ser feita por meio do Facebook, Snapchat, Hangout, Instagram, entre várias outras ferramentas disponíveis, que, além de tudo, ainda promovem o engajamento dos participantes e a disseminação da marca do seu evento e da sua empresa.

Para aumentar ainda mais o engajamento, é possível lançar uma hashtag, para que os participantes utilizem em suas postagens pessoais, e replicar os seus posts, o que aumenta a interação.

Providenciar um fotógrafo para fazer os registros oficiais e combinar com a equipe de comunicação de fazer as postagens em tempo real também é uma atitude essencial.

6. QR code nos materiais de divulgação e no credenciamento

O Quick Response Code — código de resposta rápida, na tradução livre — foi criado para codificar informações a serem lidas em alta velocidade.

Apesar de existir desde os anos 1990, o QR Code vem ganhando força nos eventos corporativos mais recentemente e pode ser utilizado de diversas formas.

Uma delas é nos materiais de divulgação. Em banners e outdoors, por exemplo, você pode disponibilizar um QR Code para que as pessoas sejam direcionadas ao site do evento para outras informações.

Outra forma é usar os códigos QR no credenciamento, para agilizar o processo e evitar filas. Ou, ainda, nos crachás dos participantes, para substituir os cartões de visita e proporcionar um networking mais prático.

Além disso, se há expositores nos eventos, existem recursos de coletor de dados em eventos que permitem ao expositor uma leitura da credencial dos participantes no momento da visita. Ou seja, é possível capturar os contatos instantaneamente e gerar métricas de desempenho em tempo real, otimizando todo o processo.

7. No cash

As pessoas estão dando preferência pelos cartões de crédito e débito, seja pela praticidade ou até mesmo pela segurança. Por isso, o uso de “dinheiro vivo” está mais escasso no cotidiano do público, o que também acaba refletindo na produção dos eventos.

Para atender esse tipo de comportamento, os organizadores mais atentos estão investindo em plataformas que permitem o pagamento vinculado a contas pré-pagas ou a cartões de crédito. O objetivo é oferecer mais comodidade e segurança aos participantes, que não precisam se preocupar com dinheiro.

8. Crowd-streaming

Segundo a Cisco, até 2020, cerca de 75% de todo o tráfego de dados móveis na internet será de transmissões de vídeos ao vivo.

Por isso o crowd-streaming vem se tornando uma ferramenta popular na divulgação dos eventos. Apesar de depender totalmente da vontade do usuário de transmitir o conteúdo ao vivo, isso deve ser estimulado, para gerar maior buzz.

O crowd-streaming também é conhecido como a nova modalidade do antigo marketing boca a boca. Por meio das redes sociais e de aplicativos como o WhatsApp, os participantes do seu evento podem enviar vídeos e fotos instantaneamente e até mesmo fazer transmissões ao vivo, o que ajuda a solidificar o marketing de maneira relevante.

Apesar de ser uma forma muito interessante de divulgar seu evento, alguns cuidados devem ser tomados. Você deve verificar se existem impedimentos legais ou direitos autorais para uso de material. Caso existam, os participantes devem ser orientados sobre esse fato, a fim de evitar problemas futuros.

Mas, em grande parte, essa divulgação extra vai representar um atrativo maior para o evento. Por ser uma novidade, o crowd-streaming ainda é encarado com muita cautela, mas é inegável a sua eficiência.

Então, fique atento aos detalhes, porque, com certeza, a visibilidade do seu evento vai ultrapassar a barreira física e atingir diversas pessoas além dos seus convidados, em tempo real.

9. Eventos híbridos

Nunca ouviu falar em eventos híbridos? Pois saiba que eles são uma tendência devido ao seu baixo custo. A ideia é a mistura do evento presencial com elementos virtuais, ou seja, o evento ocorre em um local com a presença de participantes, mas ao mesmo tempo outras pessoas podem assistir a palestras ou fazer videoconferências com os presentes no local.

Esse tipo de evento é muito útil para empresas que têm unidades em cidades, estados ou países diferentes e desejam fazer uma apresentação para todos. É uma ótima forma de economizar, afinal, não sairia nada barato trazer todas essas pessoas de lugares diferentes.

A ideia é simples e surgiu para facilitar, agilizar e reduzir os custos de eventos corporativos. Dessa forma, é possível organizar um evento de grande porte sem precisar incluir custos muito elevados de traslado e hospedagem.

Algumas medidas são necessárias para o sucesso desse tipo de evento. A união entre a tecnologia e a interação deve estar presente. Assim, deve-se criar um bom clima, de modo que não haja distanciamento entre os participantes, criado naturalmente devido à falta da presença física do palestrante.

Uma boa ideia para evitar esse comportamento é a criação de uma sessão de perguntas e a abertura de espaços para interações do público.

10. Conscientização ambiental

É importante lembrar que o evento não precisa ser sobre o meio ambiente para que os organizadores demonstrem consciência ambiental e incentivem o público a fazer o mesmo.

Lembre-se de que vários parceiros de grandes organizações já cobram atitudes sustentáveis para manter as relações empresariais. Portanto, a preocupação com a sustentabilidade é uma tendência que deve ser seguida nos eventos empresariais.

Para que essa vontade de preservar o meio ambiente seja percebida, é necessário investir em aspectos que demonstrem essa intenção:

  • Decorações minimalistas;
  • Objetos de material reciclável;
  • Melhor aproveitamento da luz natural;
  • Uso de lâmpadas econômicas, como as de LED;
  • Uso de copos biodegradáveis;
  • Extinção dos ingressos impressos.

Esses, é claro, são apenas exemplos de atitudes que fazem o público notar sua intenção para com o meio ambiente.

E então, já conhecia alguma dessas tendências para eventos empresariais? Que tal começar a implementar as principais para fazer um evento de sucesso?

Clique no banner abaixo e fale com um dos consultores da mobLee. Vamos te ajudar com as melhores soluções para eventos empresariais, partindo da divulgação, venda de ingressos e o trabalho de networking e engajamento.

lm aplicativo


Compartilhe esse conteúdo!

Uma caixa de correio representando a caixa de entrada de email

Ei, quer nossos conteúdos direto na sua caixa de entrada?

Mais de 25.000 empresas já recebem os nossos conteúdos gratuitos sobre produção e organização de eventos. Cadastre-se agora, receba também!