praticas-de-sustentabilidade-eventos
Gestão de eventos, Organização de eventos, Tendências em eventos | 6 minutos de leitura

5 práticas de sustentabilidade em eventos corporativos que você pode aplicar

Cinco dicas para tornar o seu eventos corporativos sustentáveis


Todas as empresas estão inseridas em um contexto muito maior do que o ambiente físico da sua linha produtiva. Elas fazem parte do dia a dia de um bairro, cidade, região e precisam colocar em prática ações sustentáveis em prol da comunidade. Por isso, as práticas de sustentabilidade em eventos são tão valorizadas.

A sustentabilidade social é importantíssima para melhorar as práticas e ainda contribuir para um mundo melhor, trazendo mais qualidade nos serviços e produtos, assim como, no fortalecimento da imagem da empresa junto à sociedade.

Dessa maneira, a valorização fica bem mais evidente, com ganhos em vários setores, contribuindo para agregar valor, aumentando a competitividade. Além disso, existe o combate ao desperdício e a adoção de procedimentos socioambientais que trazem resultados positivos em toda a cadeia produtiva.

No entanto, diante de inúmeros exemplos, é preciso destacar alguns pontos que podem ser inseridos na realidade da sua empresa e dos seus eventos.

Para te ajudar, reunimos abaixo cinco práticas de sustentabilidade em eventos que certamente farão a diferença e trarão mais engajamento dos participantes.

Mas, antes, que tal aprender um pouco mais sobre o conceito do tripé da sustentabilidade?

O tripé da sustentabilidade

Utilizando a menor quantidade possível de recursos que possam agredir e desequilibrar o meio ambiente, a sustentabilidade é dividida em três vertentes:

  1. Social
  2. Ambiental
  3. Econômica.

A Social está ligada com ações que contribuam com a melhoria na qualidade de vida das pessoas que vivem ao redor de uma determinada empresa e também dos colaboradores. Isso se dá com o desenvolvimento de programas que estimulam a capacitação profissional, artística e cultural, como treinamentos e eventos corporativos.

Já a Ambiental acontece quando a política da empresa evita emitir gases poluentes na atmosfera, respeita a legislação ambiental, além de adotar medidas ecologicamente corretas, como diminuição de papel em eventos.

No caso da Econômica, podemos citar a constante busca pela redução dos gastos excessivos para a otimização dos processos como:

  • a diminuição no consumo de combustíveis;
  • o uso racional dos produtos necessários para a produção;
  • uma gestão mais compartilhada, etc.

Agora, algumas dicas práticas para fazer a diferença na condução de uma empresa ou evento!

5 práticas de sustentabilidade em eventos

1. Avalie a cadeia de compras e fornecedores

Muitas vezes, existe uma sintonia entre empresas que se relacionam por determinado motivo. Pensando nisso, busque fornecedores que estejam alinhados na mesma política de ideias sustentáveis para o meio ambiente que a sua corporação. Ou seja, que tenham consciência e práticas de sustentabilidade.

Afinal, de nada vai adiantar você adotar boas práticas se estiver contribuindo para políticas pouco louváveis no mercado. Portanto, compre produtos que sejam certificados, que valorizem os participantes do processo produtivo e que sejam bons exemplos.

O mesmo vale para fechar o seu quadro de fornecedores. Seja parceiro de quem valoriza o ser humano, respeita o meio ambiente e que tenha valores éticos no dia a dia.

2. Adote políticas sustentáveis no tratamento do lixo e resíduos

Sendo um dos principais pontos de preocupação dentro das empresas e eventos, o correto destino do lixo passa, inevitavelmente, por políticas sustentáveis.

Uma das práticas de sustentabilidade nas empresas é buscar reaproveitar tudo que for possível, incentivando a reciclagem. E, até mesmo, fechando parcerias com cooperativas que atuem nesse tipo de atividade.

A reutilização da matéria-prima também é um ponto que merece uma atenção especial, já que contribui com a economia e ainda ajuda o meio ambiente.

Outro ponto é incentivar os colaboradores a criar projetos que possam ser colocados em prática dentro da corporação, visando sempre a preservação dos recursos naturais.

Como o dia a dia é feito pelas pessoas, mantenha um canal de comunicação bem objetivo com campanhas para a redução no uso do papel, de racionamento de energia e água.

Faça o colaborador se sentir em casa e abra o diálogo para novas ideias, críticas, sempre com o espírito colaborativo sendo priorizado. A troca dos copos descartáveis por garrafas pessoais pode ser uma alternativa na eliminação do plástico.

3. Busque certificações

As certificações auxiliam na competitividade, em relação à concorrência, e vale a pena implantar medidas que contribuam para a obtenção de selos de qualidade.

As certificações de responsabilidade social, como a SA 8000, ajudam as corporações a adotarem uma consciência social sobre as suas ações. A ISO 9001 demonstra que a empresa investe na constante melhoria da gestão da qualidade.

Em 2018, a World Sailing, entidade que regula a vela mundial, tornou-se a primeira Federação Internacional de Esportes a receber a ISO 20121 – o padrão internacional de sustentabilidade.

A ISO 20121 especifica os requisitos para um Sistema de Gestão de Sustentabilidade em Eventos visando a sustentabilidade das ações.

As diferentes certificações são meios que comprovam a práticas de sustentabilidade em eventos e social, melhorando a imagem da empresa junto à comunidade, clientes e fornecedores.

Assim, a empresa consegue reter mais talentos, aumentando o nível de qualidade nos produtos e serviços, além da credibilidade com o mercado consumidor.

4. Invista na qualidade de vida do colaborador

Muito além das ações de responsabilidade social, as corporações que estão sintonizadas com a sustentabilidade devem dar o exemplo começando por práticas positivas dentro do ambiente de trabalho.

A valorização dos colaboradores por meio da adoção de políticas, que estimulem a qualidade de vida, deve ser uma prioridade.

Alguns exemplos são a adoção de:

  • um programa antitabagismo;
  • incentivo à prática de atividades físicas;
  • controle alimentar;
  • um projeto social que conte com a efetiva participação dos funcionários.

A realização de eventos corporativos, com palestras, exames médicos, momentos de lazer e integração com as famílias dos funcionários também é uma boa alternativa de sustentabilidade em eventos.

Essas medidas são uma forma de interação, que evitam muitos problemas como insatisfação com a função ou críticas sobre a empresa, gerando um clima positivo entre a empresa, os colaboradores e a comunidade.

5. Use a tecnologia para criar novos modelos de negócios

O avanço da tecnologia é um excelente meio de sustentabilidade em eventos. A criação de aplicativos otimiza o tempo, aproxima as pessoas e ainda desenvolve novas plataformas de negócios.

Com isso, uma boa publicidade será gerada, melhorando a imagem empresarial, trazendo satisfação dos participantes, em geral, sejam clientes ou colaboradores.

Podemos citar práticas avançadas de sustentabilidade em eventos na logística, na redução do uso do papel, na agilidade da comunicação entre os colaboradores, no acompanhamento dos dados estatísticos sobre os rendimentos, entre muitos outros exemplos.

Criando novos modelos de negócios, certamente a sua empresa estará na vanguarda do mercado, economizando e conquistando cada vez mais novos horizontes.

E a sua empresa adota práticas de sustentabilidade em eventos? Deixe aqui o seu comentário e conte-nos se este artigo foi útil para você!

Da fase de criação ao pós-evento, o time da mobLee está sempre a postos para garantir que você obtenha os melhores resultados possíveis. Já atendemos a +1.000 eventos e uma média de +1.000.000 de usuários utilizaram e aprovaram nossa plataforma.

Ei, você é um organizador, certo?

Agende uma conversa com um de nossos consultores de vendas, descubra como nossas soluções ajudam o seu evento!

Sua empresa organiza eventos?









Compartilhe esse conteúdo!

Uma caixa de correio representando a caixa de entrada de email

Ei, quer nossos conteúdos direto na sua caixa de entrada?

Mais de 25.000 empresas já recebem os nossos conteúdos gratuitos sobre produção e organização de eventos. Cadastre-se agora, receba também!